sexta-feira, 31 de março de 2017

BBB17: Pai de Emilly não quer que sister vote em Marcos ou Ilmar

O pai de Emilly Araújo, Volnei Alves, voltou a falar sobre o”Big Brother Brasil 17“! Nesta sexta-feira (31), o mecânico comemorou a liderança da filha, e opinou sobre a briga da gêmea com Ilmar e Marcos.
Para Volnei, mesmo afastada do cirurgião e do advogado, a gaúcha não deveria indicar nenhum deles ao Paredão, no próximo domingo (2).
“Ela não pode ir na onda da Ieda. Tem que tirar as mulheres primeiro e deixar os meninos. Ela, Ilmar e Marcos juntos é a final dos sonhos para mim. Se eu pudesse dar um conselho a minha filha, seria para não votar em nenhum deles. Olha o que eles ajudaram ela no passado!? Elas (Marinalva, Vivian e Ieda) não ajudaram em nada, só detonaram a guria. Eu penso com a balança. Quem fez mais maldade com ela?”, explicou ele em entrevista ao jornal “Extra”.
Mesmo defendendo a aliança da filha com Marcos e Ilmar, isso não quer dizer que o gaúcho concorde com as atitudes dos brothers, em se afastar de Emilly: “Eles viram que ela é forte e tentaram deixá-la de lado por acreditarem que não seria acolhida. Mas as falsianes a receberam, né? Eu acho que os dois deram um tiro no pé”.
Volnei ainda apostou que Emilly vai indicar Marinalva para a berlinda. “Pelo que conheço dela, o primeiro tiro será em Marinalva, que é a pessoa que mais a ofendeu. Depois, Vivian. Ilmar e Marcos são as últimas opções de voto dela. A guria é do bem”, opinou o pai das gêmeas.
Recentemente, Volnei não apenas reforçou sua torcida por Emilly, como também disse acreditar que a gaúcha é quem levará o prêmio de R$ 1,5 milhão para casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário